terça-feira, 27 de setembro de 2016

Stephen Hawking afirma que devemos ter cuidado ao contatar ETs



Em documentário, físico comparou o contato com civilizações avançadas ao encontro de Colombo com os índios


                                (Foto: Reprodução) (FOTO: REPRODUÇÃO)
Depois de afirmar, em 2010, que os humanos deveriam ter cuidado ao tentar fazer contato com aliens, o físico Stephen Hawking reforçou mais uma vez sua preocupação. As palavras de aviso estão no documentário Stephen Hawking’s Favorite Places ("Os Lugares Favoritos de Stephen Hawking").

No filme de 30 minutos, Hawking viaja pelo universo em uma nave fictícia. Entre os lugares “visitados” por ele, está o Gliese 832c, um planeta parecido com a Terra, que fica relativamente perto, a 16 anos luz.

“Se existir vida inteligente lá, nós devemos ouví-la”, afirmou o físico. “Um dia receberemos um sinal de um planeta como este, mas devemos ter cuidado ao respondê-lo. Encontrar uma civilização avançada pode ser como o encontro entre Colombo e os índios. Nós sabemos que isso não acabou muito bem.”

Como já havia afirmado anteriormente, para Hawking, basta olhar a nós mesmos para ver como a vida inteligente pode evoluir para algo que não queremos encontrar. O pessimismo de Hawking não é novidade, veja aqui suas previsões sobre o futuro do planeta. 

Apesar dos avisos, o cientista está bastante interessado em encontrar vida fora da Terra. Ao lado do bilionário russo Yuri Milner e do presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, ele planeja enviar sondas ao espaço com o projeto Breakthrough Starshot — mais especificamente para o sistema de Alpha Centauri, onde descobriram o Proxima B, um exoplaneta com possibilidade de vida.
Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2016/09/stephen-hawking-afirma-que-devemos-ter-cuidado-ao-contatar-ets.html

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Maior telescópio do mundo para busca de vida alienígena é ativado na China



A China finalmente ativou oficialmente o telescópio com a maior abertura única do mundo. Entre outras coisas, os pesquisadores esperam dar um grande impulso na busca de vida extraterrestre.

O telescópio chamado de “FAST” (telescópio de 500 metros de abertura esférica) começou a funcionar oficialmente na tarde deste sábado (25). Ele é 200 metros maior que o observatório de Arecibo, em Porto Rico, que mede 305 metros e tem funcionado desde a década de 60. Só para dar uma ideia, o FAST é do tamanho de 30 campos de futebol.

O tamanho do FAST importa bastante. Ele é tremendamente poderoso e tem um campo de visão duas vezes maior que o do observatório de Arecibo. O telescópio não é só gigante, mas também sensível:  é dez vezes mais poderoso que seu competidor mais próximo, no caso, o telescópio de 100 metros que fica perto de Bonn, na Alemanha.

Peng Bo, uma pesquisadora do National Astronomical Observatories, disse à agência de notícias chinesa Xinhua que o “potencial do FAST em descobrir civilizações alienígenas será de 5 a 10 vezes maior que a dos equipamentos atuais, e ele também consegue ver mais distante e planetas mais escuros.”

O telescópio também vai ajudar os cientistas a detectarem mais pulsares (estrelas de nêutrons muito pequenas e muito densas). Isso significa que os astrônomos terão maior capacidade ao detectar ondas gravitacionais ou ondulações espaço-tempo que podem nos levar a compreender melhor a evolução das galáxias e das origens do universo.


Construir um projeto gigantesco como este tem um preço. Não só a China investiu US$ 180 milhões na construção do telescópio, como também teve de realocar entre 9 e 10 mil pessoas que moravam na província de Guizhou. Estas pessoas foram realojadas nas regiões vizinhas de Pingtang e Luodian em função de preocupação com a interferência magnética.

O presidente da China, Xi Jinping, definiu a exploração espacial como prioridade. Em 2013, o país pousou o primeiro veículo na lua desde 1976. Eles ainda planejam construir uma estação espacial em 2022 e fazer um homem pousar na lua em 2036.

Para os próximos dois ou três anos, os astrônomos chineses terão prioridade no FAST. Mais para frente ele será disponibilizado para cientistas ao redor do mundo.
Fonte: http://momentocurioso.com.br/maior-telescopio-do-mundo-para-busca-de-vida-alienigena-e-ativado-na-china/

sábado, 24 de setembro de 2016

"Não mudamos os signos do zodíaco, só fizemos matemática”, afirma NASA


             (Foto: Sidney Hall/Public Domain ) (FOTO: SIDNEY HALL/PUBLIC DOMAIN )

Três mil anos depois dos babilônios dividirem o céu em doze constelações, muita coisa mudou, inclusive seu signo
Em janeiro, a NASA publicou um texto informativo voltado ao público infantil que desconstruía de maneira didática a astrologia. Além de diferenciar ciência de crença, aagência espacial americana faz as contas e demonstra que as alterações no eixo da Terra dos últimos 3 mil anos, na prática, já teriam bagunçado todo o calendário dos signos do zodíaco. Ou seja, seu signo provavelmente não é aquele que você pensa.
Depois de nove meses, em setembro, a versão britânica da Cosmopolitan se desesperou e publicou um texto anunciando a inevitável (e trágica) mudança. O boato se espalhou tão rápido que a agência americana precisou se explicar. “A NASA estuda astronomia, não astrologia”, afirmou Dwayne Brown, porta-voz da agência, ao Gizmodo. “Nós não mudamos os signos do zodíaco, só fizemos matemática.” 

A MUDANÇA

Na década de 1970, astrônomos e astrólogos se lembraram do décimo terceiro signo, conhecido como Ofiúco, ou Serpentário. A constelação, que também está no caminho aparente do Sol pelos céus, foi excluída da astrologia por conveniência, mas isso não significa que ela não esteja lá.

Acontece que essa discrepância entre o número real de constelações e os signos é o menor dos problemas do zodíaco. Os babilônios, que dividiram nosso céu pela primeira vez, viveram há mais de três mil anos, e desde então alterações no eixo terrestre mudaram a posição aparente do Sol em sua “caminhada” vagarosa ao longo do ano. Isso desloca os signos originais, o que, combinado à redução do tempo de cada um pela inclusão do Serpentário, muda 86% de todas as previsões astrológicas.

É claro que, na prática, nada muda para quem acredita na astrologia, já que ela não segue o método científico baseado em evidências verificáveis. Ou seja, pode dormir tranquilo com seu signo, e, caso não consiga, busque consolo no autor desta nota — que fez as contas e descobriu que agora é de serpentário. Vai uma crise existencial aí?
Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2016/09/nao-mudamos-os-signos-do-zodiaco-so-fizemos-matematica-afirma-nasa.html

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

De frente é uma moto comum, mas de lado, você nem imagina



Ao olhar de frente, é só mais uma moto, mas espere até vê-la de lado.



Pra adiantar, podemos dizer que não se trata de uma motocicleta convencional. Além de elétrica, a RYNO possui sistemas de giroscópios e acelerômetros. E aí, já tem uma idéia?

Toda sua tecnologia foi projetada para fazer com que ela pudesse se manter de pé. Até aí, pode parecer normal... mas o fato é que ela possui somente uma roda!



A RYNO Cycle tem sua velocidade limitada a 40 km/h, e foi pensada para trajetos curtos, principalmente de cidades grandes. A empresa RYNO Motors só faz um pedido: que não a chamem de Scooter, "por favor, ela é bem diferente".



Seu peso é de 60kg e pode carregar até 115kg, e mesmo se tratando de um veiculo elétrico, sua autonomia permite ao condutor que ele percorra até 16 quilômetros de distância.




Além de toda essa inovação, ela ainda possui dois modos de pilotagem. O primeiro, chamado Novice, ela mantém um estilo mais fácil para os motoqueiros de primeira viagem. No segundo modo, o Advanced, ela permite que o piloto alcance uma velocidade maior, mas pra isso, é preciso um pouquinho de prática, afinal, ela só tem uma roda.



Apesar de já ter custado cerca de US$25.000 no lançamento, atualmente (julho de 2014) ela sai por aproximadamente US$ 3.500.

Fonte: http://www.curtoecurioso.com/2014/07/de-frente-e-uma-moto-comum-mas-de-lado.html


terça-feira, 6 de setembro de 2016

Os 8 homens mais “duros de matar” da História


1 - Adolf Hitler
Hitler enfrentou mais de 50 tentativas de assassinato e sobreviveu a todas elas. Líder dos nazistas, foi responsável pela morte de aproximadamente 6 milhões de judeus, bem como 2 milhões de poloneses étnicos e mais 4 milhões de pessoas consideradas “indignas da vida” (incluindo prisioneiros de guerra, deficientes, doentes mentais, homossexuais, maçons, Testemunhas de Jeová, etc.) como parte de um programa de extermínio deliberado. Logo, não é nenhuma surpresa que ele esteja nesta lista.

Adolf-Hitler

A primeira delas ocorreu em 1921, quando quase foi atingido por tiros durante um discurso. Em 1939, em Varsóvia, o exército polonês até tentou explodiu seu carro enquanto ele passava pela atual Praça Charles de Gaulle, mas um erro humano impediu a bomba de explodir. Nenhum plano teve sucesso e acredita-se que Hitler tenha cometido suicídio juntamente com sua esposa, Eva Braun, utilizando uma arma de fogo e cianeto.
2 – Grigory Rasputin
Rasputin foi envenenado, baleado e espancado até ser morto por meio de afogamento. Ele teria se inserido na família real russa Romanov, no início do século XX, após ganhar a confiança da czarina Alexandra Frdorovna, quando supostamente salvou seu filho de uma hemofilia. As lendas sobre sua morte são tão misteriosas quanto o curso da sua vida.

Ao que se sabe, a primeira tentativa de assassinato ocorreu em 29 de julho de 1914, quando foi atacado por uma ex-prostituta chamada Khionia Guseva. Ela teria dado uma facada em seu abdômen, causando uma ferida potencialmente mortal. No entanto, após uma cirurgia, ele acabou se recuperado.



Em dezembro de 1916, um grupo de nobres que acreditava em sua influência sobre a czarina, tentou matá-lo novamente, mas desta vez por meio de envenenamento por cianeto. Apesar da dose ser suficiente para matar cinco homens, ela não conseguiu derrubar Rasputin. O príncipe Felix Yusupov, para resolver essa questão, resolveu dar-lhe um tiro nas costas. Algo que novamente não funcionou: ele aparentemente levantou e atacou o príncipe.

Ysupov e seu grupo de conspiradores, então, o perseguiram e atiraram em seu corpo por mais duas vezes, e, para garantir, ainda o espancaram. Para ter certeza de que ele nunca mais escaparia, o enrolaram em um cobertor e jogaram-no no rio Neva. Porém, quando seu cadáver foi encontrado, verificaram que seu braço direito estava para fora da amarração, o que sugere que ele ainda estava vivo quando foi jogado no rio. De fato, uma autópsia revelou que a morte foi causada pelo afogamento.

3 – Fidel Castro
Até o momento, Fidel sobreviveu a nada menos do que 638 tentativas de assassinato. Então, não é ilógico dizer que ele é um dos homens mais difíceis de matar do planeta.

Fabian Escalate, segurança pessoal de longa data do principal líder da Revolução Cubana, acredita que tais tentativas e esquemas de assassinato tenham sido planejados pela CIA. Entre eles, um charuto explosivo, um traje de banho infectado com fungos e um tiroteio.

Entre outras tentativas, a ex-amante do revolucionário comunista, Marita Lorez, concordou em ajudar a CIA a dar-lhe comida envenenada. Quando ele percebeu o esquema, entregou-lhe uma arma pedindo que atirasse nele, o que Lorez não fez por falta de coragem. Uma vez ele chegou a dizer que “se sobreviver a tentativas de assassinato fosse uma prova Olímpica, eu teria ganhado uma medalha de ouro”.

 4 – Hussein bin Talal

Hussein, sobreviveu a 12 tentativas de assassinatos até sua morte em 1999. Neste período, ele atuou como rei da Jordânia, desde a abdicação de seu pai, em 1952. A maioria dos esquemas para sua morte ocorreu entre as décadas de 1950 e 190.

Na primeira, em 1951, um extremista palestino abriu fogo contra Hussein e seu avô, que acabou morrendo. Após perseguir o atirador, ele ainda foi vítima de mais uma bala, mas sobreviveu graças a uma medalha que tinha pendurada em seu uniforme. Em 1970, ele novamente esteve no meio de um tiroteio frustrado. Por fim, acabou morrendo de câncer em 1999, aos 63 anos de idade. 

5 - Zog-da-Albania

Ahmet Lekë Bej Zog, rei da Albânia entre 1928 e 1939, durante seu curto reinado sobreviveu a 55 tentativas de assassinatos. A primeira, em 1931, ocorreu enquanto visitava uma ópera em Viena. Ele só sobreviveu ao ataque por que sempre carregava uma arma, o que ajudou a atirar de volta contra seus algozes.

6 – Yasser Arafat

Yasser Arafat, foi um dos líderes mais conhecidos entre os palestinos, escapou ileso de inúmeros bombardeios e um acidente aéreo. Em 1985, ele sobreviveu a uma tentativa de assassinato promovida pela força aérea israelense, que bombardeou a sede de seu governo deixando 73 mortos.

Em outra ocasião, ele também sobreviveu a um acidente de carro e outro aéreo, quando seu avião caiu em razão de uma tempestade de areia no deserto da Líbia, em 1992

7 - Alexander-II

Alexander II, czar da Rússia de 1855 a 1881, sofreu uma série de tentativas de assassinato, sendo a primeira ocorrência registrada em 1866. Após sobreviver ao plano falho, organizou a construção de várias igrejas e capelas no país para comemora o que chamou de “o evento de 4 de abril de 1866”, que marcava sua sobrevivência.

Em uma manhã de 1879, ele sofreu novamente uma tentativa de assassinato em uma praça, quando um homem atirou diversas vezes contra ele. No final do mesmo ano, um grupo revolucionário, chamado Narodnaya Volya, planejou explodir uma linha ferroviária para atingir o trem em que o czar estava, mas não teve sucesso. No ano seguinte, em 1880, um membro do mesmo grupo causou uma explosão em um local onde Alexander provavelmente jantaria – algo que não ocorreu porque ele estava atrasado. O fato é que nessa tentativa, 11 pessoas morreram e 30 ficaram feridas.

O czar morreu apenas em março de 1881, enquanto realizava sua visita semanal à Guarda Real. Viajando em uma carruagem fechada, juntamente com vários seguranças, eles foram atingidos por uma bomba lançada por um membro do grupo revolucionário. Alexander, no entanto, ainda sobreviveu à primeira explosão, sendo atingido por uma segunda bomba bem em cima de seus pés. 

8 – Gabriel Garcia Moreno

Presidente do Equador em 1861, Gabriel teve a mão decepada, levou cinco tiros e, supostamente, ainda teve tempo para gritar: “Deus não morre”. A história conta que ele teria assumido o cargo em três ocasiões. Porém, na terceira, ele acreditou que estaria assinando em sua sentença de morte e, por esse motivo, solicitou uma benção do Papa.

No dia 6 de agosto de 1857, um grupo liderado por um homem chamado Faustino Rayo o atacou na saída da igreja. Rayo teria utilizado um facão para feri-lo, enquanto o resto dos homens abriu fogo contra o presidente. Caído no chão, com a cabeça sangrando e o braço esquerdo decepado, ele ainda conseguiu reconhecer as pessoas que lhe atacavam.

Há relatos que dizem que ele teve tempo de suspirar algumas palavras, enquanto outros afirmam que ele teria gritado “Deus não morre”, antes de sua morte.
Fonte: http://www.jornalciencia.com/top-os-8-homens-mais-duros-de-matar-da-historia/

5 Aspectos bíblicos que já foram comprovados pela Ciência


Indo além dos vínculos religiosos, o conteúdo disposto na Bíblia Sagrada, para muita gente é tido como verídico, enquanto que outra parcela da população não acredita em boa parte dela. O fato é que, conforme a Ciência avançou, conseguiu comprovar histórias de alguns dos relatos descritos no livro. Confira 5 delas abaixo, de acordo com uma lista divulgada pela Galileu com base em informações da Listverse.

 

1 – Arca de Noé
Em 2014, quatro alunos de Física da Universidade de Leicester, na Inglaterra, investigaram quais as possibilidades da arca de Noé flutuar carregando um par de cada espécie animal. As análises foram feitas de acordo com teorias físicas e os relatos encontrados da Bíblia.

Primeiro, o grupo converteu os “cúbitos” (medida utilizada na Bíblia) para centímetros. Foi determinado que: 1 cúbito correspondia a 48 centímetros. A partir deste raciocínio, foi estabelecido que a arca teria cerca de 145 metros de comprimento, 24 metros de largura e 14 metros de altura.

A arca teria sido feita de um material chamado “madeira de Gofer”, cuja densidade é semelhante ao cipreste – utilizada pelos estudantes. Eles descobriram que, enquanto vazia, a arca pesaria cerca de 1,2 milhão de quilos. Logo, para que pudesse flutuar, a densidade dela teria de ser menor do que a da água.

Com base em outras análises e pesquisas, eles concluíram que a embarcação poderia carregar 51 milhões de quilos, ou seja, cientificamente falando, a arca de Noé seria capaz de suportar um casal de cada espécie existente em tal época.

   2 – A pedra de Pôncio Pilatos

{{en|1=Caesarea maritima, Stone with engravement of the name of Pontius Pilatus 2nd Line: ...vs Pilatvs}} {{de|1=Caesarea maritima, Stein mit dem Namen des Pontius Pilatus 2. Zeile: ...vs Pilatvs}}

Em 1961, enquanto realizavam escavações em um teatro antigo construído do Herodes, o Grande, na região da Cesareia, Israel, uma equipe de arqueólogos descobriu uma pedra que posteriormente foi associada ao personagem bíblico, Pôncio Pilatos. Isso porque, o objeto de fato possuía uma inscrição lateral que dizia: “Pôncio Pilatos, prefeito da Judeia, a dedica”. Tal objeto foi tido com a primeira evidência física de Pilatos.

    3 – O Reservatório de Siloé

Após curar um cego de nascença, Jesus lavou os olhos do homem nas águas de um lugar chamado Reservatório de Silóe, segundo informações presentes no livro de João, na Bíblia. Contudo, a Ciência acreditava que João não estava se referindo a um local de verdade, mas apenas ilustrando um conceito religioso.

No entanto, em 2005, um grupo de encanadores acabou esbarrando em uma reserva de água localizada na Cidade Velha de Jerusalém. De acordo com o especialista James Charlesworth, o reservatório era o mesmo descrito por João na Bíblia, já que estava exatamente no local descrito pelo apóstolo.

    4 – A parede de Salomão

No Primeiro Livro dos Reis, no Antigo Testamento, é dito que o rei Salomão ordenou a construção de uma muralha em Jerusalém. Assim, em uma escavação conduzida pela Universidade Hebraica de Jerusalém, em 2010, um grupo de arqueólogos encontrou uma parte dessa construção, que possuía 70 metros de comprimento e 6 metros de altura. Além da muralha, ainda foram encontradas uma guarita de segurança e uma torre.



     5 – Cidadela da Primavera 

A Cidade de Davi é tida como o principal sítio arqueológico de Jerusalém. Assim, após 20 anos de escavações realizadas, arqueólogos encontraram nela a Cidadela de Primavera, que, de acordo Oriya Dasberg, diretor de desenvolvimento do local, “foi construída para salvar e proteger a água da Fonte de Giom dos inimigos que queriam conquistar as cidades, bem como proteger as pessoas que queriam beber da água e voltar para a cidade”.  Os arqueólogos também acreditam que tal estrutura foi a mesma utilizada para a unção de Salomão como rei.
Fonte: http://www.jornalciencia.com/5-aspectos-biblicos-que-ja-foram-comprovados-pela-ciencia/

Homem se isolou da sociedade por 25 anos e ”esculpiu” um verdadeiro palácio em meio as pedras:


Durante os últimos 25 anos, Ra Paulette foi viver no deserto, gastando seu tempo a esculpir uma caverna de arenito que ele encontrou e a transformou em um espaço subterrâneo majestoso, uma joia arquitetônica salpicada com os detalhes mais surpreendentes. Isso é algo que todos deveriam ver!

Ra nunca estudou arquitetura. Ele nunca estudou escultura, nem engenharia estrutural, mas o momento em que viu estas colinas, ele descobriu sua paixão – esculpir cavernas!

Ra afirma procurar o descobrimento pessoal e espiritual no seu trabalho como um terapia.

VEJA AS IMAGENS DESSA OBRA PRIMA:


Veja o Vídeo:























      Fonte: http://momentocurioso.com.br/homem-se-isolou-da-sociedade-por-25-anos-e-esculpiu-um-verdadeiro-palacio-em-meio-as-pedras/